Category: Rock

    8 comments

    1. Dairn

      Reply
      Moçambique e Brasil: a história através da literatura Mia Couto, escritor moçambicano, nesta entrevista, concedida a Eliane Brum e Raquel Cozer, fala sobre duas grandes influências em sua obra: José Luandino Vieira e Guimarães Rosa, que veio a conhecer por indicação de Luandino.
    2. Shakalabar

      Reply
      Durante a ditadura nas antigas cólonias portuguesas, os jovens criaram grupos influenciados pelo movimento rock que se alastrava pelo mundo. Umas mais controversas que outras, as bandas marcaram a cena cultural da época.
    3. Vozuru

      Reply
      Este blog é para você amante da música com qualidade. Fique à vontade para navegar e baixar os álbuns e playlists de sua preferência. Todos as músicas dos álbuns e playlists estão em MP3 kbps, exceto as radionovelas.
    4. Arasho

      Reply
      CHAPTER II Em Portugal, Eduardo Nascimento, é o primeiro negro, declarado vencedor do Festival da Canção, em Representou Portugal na Eurovisão e atingiu o 12º lugar com a canção “O Vento Mudou”, de Nuno Nazareth Fernandes e letra de João Magalhães Pereira. Eduardo Nascimento - Festival da Canção de Eduardo representa a primeira expressão conhecida da black music.
    5. Akigis

      Reply
      O território Moçambicano, sendo banhado a Este pelo Oceano Índico (canal de Moçambique), tem a sua fronteira Este limitada a 12 milhas marítimas a partir da linha de base. Fronteira Sul Vai do rio Maputo até a confluência com o rio Pongolo; deste local até a Ponta de Ouro, corre uma linha convencional na direcção geral de Este.
    6. Fezuru

      Reply
      Artista: Vários Artistas. Álbum: Música de Moçambique (O Essencial) Género: Marrabenta / Folk / Passada / World. Ano de lançamento: * Duração:
    7. Malakinos

      Reply
      girichlaitastumatdetasushelppyse.xyzinfo added 9 new photos to the album: O DIA EM QUE EXPLODIU MABATA BATA — at Moçambique. May 5, · O DIA EM QUE EXPLODIU MABATA BATA é o filme de ficção ganhador do concurso da CPLP em Moçambique na categoria de Obras de Ficção, lançado em
    8. Musho

      Reply
      'Sonho Azul' é a canção mainstream de Né Ladeiras, a que iria lançar a cantora hoje conotada com uma ambiência mais tradicional. É uma canção elegante e intemporal dos anos 80, mas foi para Né Ladeiras um apeadeiro na música que queria dar ao país nas décadas que se seguiriam. Esta é a 22ª de canções que marcaram Portugal, uma rubrica que homenageia as cantigas que ficaram.

    Leave a comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *